Ufob ministra aula inaugural no Complexo de Pesquisa e Processamento de Alimentos na Fazenda Modelo
Publicado em: 21/02/2018

Alunos do curso de Nutrição da Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob) tiveram, na tarde de segunda-feira (19), a primeira aula prática, utilizando o Complexo de Pesquisa e Processamento de Alimentos (cozinha industrial) recém-implantada na Fazenda Modelo. O equipamento é fruto de uma parceria entre a instituição de ensino, a Fundação do Banco do Brasil e o Instituto Aiba. Além da cozinha industrial, o Complexo está equipado com um laboratório que permite o desenvolvimento de pesquisas e as atividades acadêmicas.

O Professor Adjunto Volnei Brito de Souza, que ministra a disciplina de “Tecnologia de Alimentos”, foi o primeiro a usufruir do espaço. “Essa é a nossa primeira aula aqui na cozinha industrial da Fazenda Modelo. É muito bom trabalhar em um ambiente bem equipado. Isso nos dá a certeza de que as aulas serão muito mais proveitosas”, afirma.

Os acadêmicos de Nutrição conheceram a estrutura onde serão ministradas aulas práticas de várias disciplinas do curso. “Este é um empreendimento imprescindível para o andamento do curso de Nutrição, mas é bom que se diga que a sua utilidade vai para além disso. A estrutura também será utilizada para o preparo das refeições dos Jovens Aprendizes na área Rural da Fazenda Modelo, que em parceria com o SPRB e Senar permite uma qualificação profissional de excelência”, ressaltou o superintendente do Iaiba, Helmuth Kieckhöfer.

Segundo ele, o Complexo de Pesquisa e Processamento de Alimentos na Fazenda Modelo beneficiará também os produtores rurais do perímetro irrigados, pois agrega valor no processamento de frutas em geleias, doces e derivados.

O custo de implantação do projeto é orçado em aproximadamente R$ 270 mil reais, valor que contempla a estrutura física, compra de equipamentos, capacitação dos produtores e o desenvolvimento de pesquisas. A cozinha industrial conta com recursos do Fundo para o Desenvolvimento do Agronegócio do Algodão (Fundeagro) e inicialmente era gerida pela Abapa, que recentemente fez a cessão ao Iaiba.


FONTES: Ascom Aiba / aiba.org.br



<< voltar


Ir para o topo