Sindicatos realizam última reunião da Comissão Partidária 2018/2019

No encontro foram ajustados os últimos detalhes para melhorias nas relações trabalhistas do segmento rural


Publicado em: 28/12/2017

Sindicatos dos Produtores Rurais do Oeste e Sindicatos dos Trabalhadores do Oeste realizaram no dia 22, a última reunião da Comissão Partidária 2018/2019. O encontro fez parte da agenda continua que objetiva a discussão dos principais desafios encontrados nas relações do trabalho no segmento rural, sejam eles de cunho legal, social, normativo, interno ou externo às propriedades rurais.

Os presentes destacaram a eficiência do modelo adotado para resolução e fechamento dos artigos da Convenção Coletiva do Trabalho (CCT) / 2018-2019, por meio do alinhamento da Comissão Partidária formada pelos Sindicatos dos Produtores e Laborais e, discutiram sobre os reajustes dos salários da CCT para o próximo ano, juntamente com possível alteração e homologação. Foi criada ainda a implantação da Comissão de Conciliação Prévia (CCP), para atender conflitos entre empregados e empregadores, o projeto será elaborado e passará por aprovação, para em seguida ser incluso na Convenção Coletiva.

“Foi um ano de tempo recorde no fechamento dos artigos da convenção graças a esse alinhamento da Comissão Paritária formado pela união dos sindicatos. O que resultou em um modelo de sucesso, que temos que fortalecer e dar continuidade para que o diálogo possa acontecer e possibilitar resolver mais rapidamente os gargalos e os desafios na relação de trabalho no oeste Bahia. Com isso acreditamos que iremos proporcionar maior ganho para o trabalhador do campo e para as propriedades rurais, no que tange a desburocratização das leis trabalhistas do campo na região”, pontuou o mediador e diretor do Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras (SPRB), David Schmidt.

As proposituras apresentadas mediante sugestões dos participantes serão homologadas na Convenção Coletiva 2018/2019, que está prevista para acontecer em fevereiro de 2018.


FONTES: Ascom SPRB / aiba.org.br



<< voltar


Ir para o topo