Programa Educar Para Trabalhar oferece sete cursos da área rural

Parceria entre governo do Estado e Senar Bahia promove a qualificação profissional de estudantes


Publicado em: 03/05/2022

Estão abertas, até o dia 9 de maio, as inscrições para o Programa Educar Para Trabalhar, que oferece mais de 110 mil vagas em 43 cursos de qualificação profissional para estudantes e egressos do ensino médio ou dos cursos técnicos de nível médio da rede estadual de ensino. Destes, sete cursos são direcionados à aprendizagem rural, setor que, sozinho, gera mais de 33% dos postos de trabalho formal na Bahia.

As aulas serão ministradas pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Administração Regional da Bahia – entidade referência em serviços educacionais voltados para atuação no campo. Os cursos são totalmente gratuitos e 100% on-line. O objetivo é preparar o estudante, oferecendo oportunidades de aprendizagens e maiores condições de inserção no mundo do trabalho agropecuário, conforme as demandas dos setores produtivos dos Territórios de Identidade da Bahia.

Os interessados podem escolher entre os seguintes cursos profissionalizantes do Eixo de Recursos Naturais: Agricultor Agroflorestal, Auxiliar Administrativo Rural, Auxiliar Agropecuário, Auxiliar em Agricultura de Precisão, Auxiliar em Agroecologia, Bovinocultor de Corte e Bovinocultor de Leite, áreas com grande empregabilidade em várias regionais da Bahia.

“A agricultura e pecuária estão presentes nas diferentes regiões produtivas do Estado, de forma vocacionada e diversificada, onde estas atividades desempenham relevantes papéis econômicos e sociais na comunidade. O Educar para Trabalhar vem para preparar os jovens dessas localidades para um mercado promissor, com alta empregabilidade e que tem exigido qualificação, pois o campo está cada vez mais inovador, pontuou a gerente de Educação e Promoção Social do Senar, Daniela Lago.

O Programa Educar para Trabalhar é uma das ações do Governo da Bahia, executado pela Secretaria da Educação do Estado (SEC). Para ingresso nos cursos, os interessados devem ser residente e domiciliado(a) no Estado da Bahia; possuir registro de matrícula junto à Secretaria da Educação do Estado da Bahia; possuir Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) válido; ser estudante regularmente matriculado no Ensino Médio ou nos cursos técnicos de nível médio da rede pública estadual no ano letivo de 2022 ou egressos do Ensino Médio ou dos cursos técnicos de nível médio da rede pública estadual que tenham concluídos os estudos no período de 2016 a 2021; e possuir documentação pessoal e registro de matrícula atualizados junto à unidade escolar na qual está ou esteve matriculado.

O ingresso nos cursos ocorrerá por sorteio eletrônico, de modo aleatório e equitativo, de caráter classificatório, que será realizado no dia 10 de maio. No mesmo dia será divulgado o resultado parcial da lista de classificados. O resultado final será publicado no dia 13 de maio e as matrículas acontecerão de 14 a 22 de maio. As aulas estão programadas para iniciar no dia 23 de maio.

O programa Educar para Trabalhar já ofertou, desde 2021, 200 mil vagas como parte da política de expansão da oferta da Educação Profissional e Tecnológica pelo governo do Estado, segundo destacou o superintendente de Educação Profissional e Tecnológica da SEC, Ezequiel Westphan. "Estamos dando continuidade à política de qualificação profissional dos estudantes e egressos da rede estadual como parte da formação cidadã e de inserção no mundo do trabalho promovida pelo governo do Estado".

Veja o edital aqui: https://bit.ly/3LAvZSv

Se inscreva aqui: http://educarparatrabalhar.educacao.ba.gov.br/login




<< voltar


Ir para o topo