Micro produtores do Vale são apresentados à agricultura tecnificada

O objetivo é fortalecer a agricultura familiar, ampliando a produtividade em pequenas áreas


Publicado em: 16/04/2019

Com o advento da tecnologia, pequenos produtores rurais da região do Vale estão conseguindo aumentar a produtividade sem precisar ampliar a área plantada nem usar mais recursos naturais. Tudo isso graças ao investimento com adubos, boas práticas conservacionistas e cultivares de qualidade, além da adoção de alguns mecanismos e técnicas capazes de auxiliar no processo. A iniciativa faz parte do Projeto de Fortalecimento da Agricultura Familiar, apoiado pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba).

O programa piloto foi realizado recentemente, com o plantio de milho em oito pequenas propriedades (cerca de 1 hectare cada) localizadas na Unidade de Conservação APA da Bacia do Rio de Janeiro, com o desafio de elevar a colheita de 15 para 80 sacas do grão, por hectare cultivado. Na última sexta-feira (12), técnicos visitaram as plantações para avaliar o estado das lavouras e fazer um levantamento estimado da colheita. O encontro reuniu representantes da Aiba, APROVALERJ, Sebrae e Prefeitura de Barreiras.

O diretor de Águas e Irrigação da Aiba, Cisino Lopes, destacou que o aumento da produtividade motiva o pequeno produtor rural, uma vez que ele amplia também a renda familiar dos envolvidos. “Nesta fase inicial, envolvemos poucos agricultores, mas a tendência é visitar outras áreas de micro produtores e termos mais adeptos. Porque este é um trabalho de estímulo, tanto para nós quanto para eles. Antigamente produzia-se 15 sacos de milho por hectare. Hoje já estamos produzindo 84 sacos e a meta é alcançar 100 sacos por hectare”, explica.

Um dos doadores de sementes para os pequenos agricultores, o produtor rural Erno Scherer acredita que a continuidade deste trabalho pode ser um importante vetor socioeconômico para a região. “Este é um trabalho contínuo que pode gerar um grande aprendizado aos produtores, além de potencializar a capacidade produtiva destes micro agricultores, gerando oportunidades para aumentar e fortalecer a agricultura familiar da região”, afirma.

O encontro foi precedido de uma capacitação técnica para que os pequenos produtores usufruam melhor do conhecimento adquirido. O próximo passo será a colheita, e a expectativa já é grande para que os números sugeridos sejam alcançados. “Orientação técnica é algo indispensável. Usufruir é a palavra-chave, para que o produtor tenha um ganho de alta produtividade. A ideia é capacitar para que o produtor caminhe com as próprias pernas. Daremos direcionamento para um plantio seguro e uma colheita farta”, observou o representante do Sebrae, Evilazio Neto.

Também estiveram presentes o prefeito Zito Barbosa; o secretário da Agricultura de Barreiras, José Marques; o secretário da Indústria e Comércio, Carlos Costa.


FONTES: Ascom Aiba / aiba.org.br



<< voltar


Ir para o topo