OESTE DA BAHIA - LOCALIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO
Devido à condições adequadas a mecanização com relevo plano e índices de chuva adequados e bem definidos, a região do cerrado do oeste da Bahia que faz fronteira com os Estados de Goiás, Tocantins, Maranhão e Piauí, compreendendo os municípios de Formosa do Rio Preto, Riachão das Neves, Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, São Desidério, Correntina, Jaborandi, Cocos e Baianópolis, destaca-se na produção de grãos e fibras.

Sua produção na safra de 2014 foi de 07 milhões de toneladas de soja, milho e algodão que correspondem a 4% da produção nacional. Formosa do Rio Preto está localizada no extremo noroeste do estado da Bahia, fazendo divisa com os Estados do Maranhão, Piauí e Tocantins, o que representa 25% da produção de soja, milho e algodão do oeste da Bahia. Sendo o 27º PIB do agronegócio nacional com R$ 282 milhões. O Agronegócio Estrondo está localizado na porção Sul do município de Formosa do Rio Preto.

FORMOSA DO RIO PRETO
Segundo dados do IBGE (2010) têm uma área territorial de 1.625.033 hectares e uma população de 22.528 habitantes.


CONDOMÍNIOS DO AGRONEGÓCIO ESTRONDO

Atualmente 24 empresas formam o Agronegócio Estrondo, onde há uma administração centralizada das atividades.
O condomínio abrange 305.000 hectares dos quais 150.000 hectares dedicados ao plantio.



RODOVIAS - Anexo



INVESTIMENTO EM ESTRADAS PÚBLICAS

Devido a falta de investimento na infraestrutura regional, para o escoamento da produção há um custo anual de R$ 500.000,00 na manutenção da BA-459. Para permitir a circulação segura dos trabalhadores há um custo de R$ 200.000,00 para manutenção da estrada de acesso a sede do município de Formosa do Rio Preto. Nesta estrada as pontes eram de madeira não permitindo o fluxo seguro de veículos de carga, assim nos últimos anos o Agronegócio Estrondo substituiu com recursos próprios as pontes de madeira por pontes de concreto a um custo de R$ 2 milhões.


Manutenção da Rodovia BA-459




ISOIETAS/FAIXAS DE CHUVAS

As faixas chuva são denominadas isoietas.
Em toda área do Agronegócio Estrondo, os índices variam entre 1600 mm na divisa com o Tocantins até 1300 mm no extremo Leste próximo a sede do município, valores adequados a produção agrícola.
Cada milímetro de chuva equivale a 1 litro de água em 1 metro quadrado.
Além das condições adequadas de chuva, o Agronegócio Estrondo está totalmente inserido sobre o aquífero Urucuia permitindo projetos de irrigação.




ALTIMETRIA

Desde a divisa com o Tocantins até o extremo leste do empreendimento a altimetria varia entre 900 a 750 metros (metros acima do nível do mar), fator que proporciona condição adequada a altas produções agrícolas.




DECLIVIDADE




PCH




SISTEMA AQUIFERO URUCUIA
O Sistema Aquífero Urucuia tem a extensão de 7.600.000 hectares, abrangendo o oeste do estado da Bahia, sul do Maranhão e Piauí e noroeste de Minas Gerais.
O Agronegócio Condomínio Cachoeira do Estrondo tem o privilégio de se localizar integralmente sobre o aquífero.






LOTEAMENTO

EVOLUÇÃO DA ÁREA EM PRODUÇÃO

Através de imagens de satélite é possível observar o desenvolvimento da produção agrícola, aonde imagens em tons avermelhados são ocupadas por agricultura e em verde com a vegetação natural do cerrado.
Em 1973 não havia produção agrícola no cerrado de Formosa do Rio Preto, ao longo dos anos a produção do município evoluiu chegando atualmente a 25% da produção do oeste da Bahia.
Na década de 80 e inicio da década de 90 as regiões ao norte e ao sul do Agronegócio Estrondo foram ocupadas por agricultura.
A partir de 1994 iniciando-se com a Fazenda Santana o Agronegócio Estrondo iniciou suas atividades agrícolas com uma área experimental de 1.000 (hum mil) hectares. A área agrícola foi expandida ao longo dos anos, sempre com a devida autorização dos órgãos ambientais competentes até chegar nos 100.688 hectares em produção atualmente.






<< voltar


Ir para o topo