Bahia Farm Show 2018 é aberta com expectativa de bons negócios
Publicado em: 05/06/2018

Influenciada pela safra recorde de grãos 2017/2018, a 14ª edição da Bahia Farm Show teve início na manhã desta terça-feira (5) e se estende até o próximo sábado (9), com expectativa de ultrapassar a marca de R$ 1,5 bilhão em volume de negócios, atingida em de 2017, e atrair um grande número de visitantes. A cerimônia de abertura foi marcada pelo anúncio, por parte do governador Rui Costa, da criação de uma delegacia especializada na investigação de roubos a propriedades rurais, com sede em Luís Eduardo Magalhães.

“Esta feira representa o pioneirismo e o espírito de liderança das entidades dos produtores da região oeste, que também são responsáveis por 50% do valor de exportações da Bahia, gerando emprego, renda e desenvolvimento para todo o estado. Nosso sonho é alavancar o setor produtivo para o beneficiamento da produção na própria região”, afirma o governador, que citou também a assinatura da ordem de serviço do Anel da Soja. Durante a cerimônia, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Ângelo Coronel, reforçou sobre a importância de as empresas melhorem os serviços públicos prestados na região, principalmente de energia elétrica, telefonia e internet.

Ao declarar aberta a maior feira de tecnologia agrícola de norte e nordeste, o presidente da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Celestino Zanella, que também preside a feira, citou alguns números da Bahia Farm Show. “Esse ano contamos com 24 palestras e workshops, a ocupação é de cerca de 250 estandes, com 190 na área externa e 60 na área coberta. Isso representa um universo de 900 marcas expostas, entre empresas de produção de sementes, defensivos, fertilizantes, insumos, máquinas, aviação, sistemas de irrigação e outros produtos agrícolas”.

A cada edição, a organização da Bahia Farm Show homenageia um agricultor, pelos serviços prestados ao desenvolvimento da agricultura na região oeste. Desta vez, Júlio Cézar Busato, que já presidiu a Aiba e atualmente comanda a Associação Baiana de Produtores de Algodão (Abapa), recebeu as honrarias. “Ninguém faz nada sozinho, as conquistas que tivemos nesse período à frente da Aiba foram méritos de um time. Nesse tempo, conseguimos uma maior união entre as associações e os sindicatos. Convocamos os associados, pedimos para eles participarem mais, e fomos atendidos. O trabalho de articulação aproximou o agricultor do governo do Estado, da prefeitura e do Ministério da Agricultura em Brasília. O grande mérito da equipe foi unir todos os interessados em torno dos mesmos objetivos, por meio da liderança e do diálogo”, destacou.

O complexo da Bahia Farm Show se consolida como um importante espaço para o fomento, uso da tecnologia e a expansão das fronteiras agrícolas. O processo iniciado no ano passado continua a ganhar força com a participação, nesta edição, de expositores dos Estados Unidos, Alemanha e Argentina. Até o próximo sábado devem circular pelo parque mais de 70 mil pessoas entre pesquisadores, estudantes, expositores e público em geral.


FONTES: Araticum / aiba.org.br



<< voltar


Ir para o topo